Notícias

Abelhinha (Brachygobius xanthozona)

  • 18/07/2011
  • 3830 visualizações
Nome popular:
Abelhinha
Nome científico:
Brachygobius xanthozona
Família:
Gobídeos
Origem:
Ásia
pH:
6,5 ~ 7,3
gH:
16 ~ 30
Temperatura:
25 ~ 29°C
Comportamento:
Pacífico/Territorialista
Tamanho indivíduo:
5 cm
Aquário:
60 ~ 80L
Descrição:

Os Brachygobius xanthozona são peixes fascinates por sua coloração amarelo dourado e preto, de tamanho pequeno podendo atingir até 5 cm. O Abelhinha é um peixe pacífico, porém territorialista. 

Atenção: na realidade existem 09 espécies de gobios que também chamam-se Abelhinha: Brachygobius aggregatus, Brachygobius doriae, Brachygobius kabiliensis, Brachygobius mekongensis, Brachygobius nunus, Brachygobius sabanus, Brachygobius sua, Brachygobius xanthomelas e Brachygobius xanthozona.

Alimentação:

Alimentos vivos, como artêmia salina, branchonetas, tubifex, lembrando que os mesmos devem estar vivos para chamar atenção do peixe fazendo com que assim se interessem mais pelos alimentos.

A dieta dos Abelhinhas também pode conter rações e patê.

Dimorfismo sexual:

Comumente os machos tem as cores mais fortes que a fêmea, enquanto a mesma costuma ser um pouco mais "gordinha" que o macho. 

Reprodução:

Em época de reprodução o casal deve ser separado em aquários exclusivos.

Deve-se manter tocas de vasos cerâmicos de cabeça para baixo ou tubos de PVC e manter a água com temperatura de 26ºC e pH neutro (7,0).

O casal escolherá o melhor esconderijo para colocar seus ovos, estes normalmente são brancos com uma aparência de gota que fica suspensa no alto da "caverna".  A fêmea entra primeiro colocando os ovos resultando em torno de 100/150 ovos, logo depois o macho entra fertilizando os mesmos.

Após a fertilização a fêmea deve ser retirada, os ovos eclodem em 48 horas e devem ser alimentados com infusórios e náuplios de artêmia após os primeiros dias. O resto é com o zeloso pai que, na hora certa, levará seus filhotes para dar o primeiro passeio. 

Fonte: Dr. Pez, Fishbase
W3TOOLS