Notícias

Apisto cacatua (Apistogramma cacatuoides)

  • 03/07/2011
  • 4241 visualizações
Nome popular:
Apisto cacatua
Nome científico:
Apistogramma cacatuoides
Família:
Cichlidae
Origem:
Amazônia
pH:
6,8 ~ 7,0
gH:
15
Temperatura:
25 ~ 27°C
Comportamento:
Territorialista
Tamanho indivíduo:
9 cm
Aquário:
40 L
Descrição:

Apistogramma cacatuoides é nativo da bacia Amazônica (Brasil, Peru e Colômbia) e atualmente é explorado da forma extrativista em sua maioria.

Devido ao padrão de coloração do macho, é uma espécie bem valorizada como peixe ornamental. É encontrado em 3 cores diferentes: vermelho, azul e dourado.
 

Alimentação:

Aceita ração, mas é necessário formecer alimentos vivos (artêmias, larvas de mosquito e besouro, etc.)

Dimorfismo sexual:

O macho é de tamanho maior e tem nadadeiras mais longas na dorsal e caldal, as fêmeas possuem a nadadeira caudal truncada e um colorido predominante amarelo.

Reprodução:

Para formação dos casais de Apistogramma para reprodução, os peixes são mantidos em aquários comunitários e os juvenis escolhem seus parceiros durante seu desenvolvimento. Posteriormente, o casal deve ser mantido sozinho no aquário de reprodução.

A fêmea “oxigena” os ovos com batimentos da nadadeira peitoral, dosal e caudal. No sexto ou sétimo dia pós-desova as larvas se tornam livre natantes a fêmea as protege colocando-as na boca e liberando-as em outro pequeno ninho. Já no oitavo ou nono dia as larvas já aceitam alimentação exógena, que se constitui de nauplios de artêmia.

 

Mais Informações:

É uma espécie territorial, porém não é agressiva, somente quando invadem seu território na época do acasalamento enquanto cuida da desova.

Fonte: Marcelo Assano
W3TOOLS