Notícias

Guppy, barrigudinho ou lebiste (Poecilia reticulata)

  • 30/08/2011
  • 5133 visualizações
Nome popular:
Guppy, barrigudinho ou lebiste
Nome científico:
Poecilia reticulata
Família:
Poeciliidae
Origem:
Rio Amazonas, Venezuela, Guiana, Ilhas Trindade e Barbados
pH:
ideal 7,5; linhagens com adaptação entre 6,8~8
gH:
ideal 6~10; linhagens com adaptação entre 10~30
Temperatura:
24 ~ 26°C
Comportamento:
Pacífico
Tamanho indivíduo:
3 ~ 7 cm
Aquário:
20L para um trio de guppys
Descrição:

Apesar de serem fácil de se manter no aquário, deve se respeitar as condições ideais, pois são peixes um pouco sensíveis à acidez da  água, que pode causar doenças não só a nivel de barbatanas. O sal também tem um papel de desinfetante natural e ajuda na prevenção de algumas doenças.

 
Movimentam-se por todo o aquário mas, devido à forma da sua boca, preferem zonas mais superficiais da coluna da água. Tem um tempo de vida estimado de 2 a 3 anos e, se mantidoem boas condições podem mesmo atingir os 5 anos.
Alimentação:

Omnívoro, alimenta-se de flocos, artémias, dáfnias, larvas de mosquito, infusórios, minhocas, micro-vermes, crustáceos, insetos e derivados de plantas.

Dimorfismo sexual:

Os machos são menores e mais coloridos que as fêmeas e possuem a barbatana anal em forma de espigão (gonopódio).

Reprodução:

O Guppy é um peixe sexualmente muito ativo e persegue qualquer fêmea que encontre, e devido a esse fato, deve-se manter um macho para cada duas fêmeas ou mais, de modo a distribuir as atenções do macho, e não correr o risco de, havendo uma só fêmea , ela ficar estressada e deixar de se reproduzir e se alimentar, definhando até a morte.

 
É ovovivíparo, o embrião desenvolve-se no ovo alojado dentro do corpo da mãe. O embrião fica assim protegido e utiliza o material nutritivo existente dentro do ovo.
 
Os ovos eclodem no oviduto materno sem que exista ligação alguma entre a progenitora e o embrião. Estes tem um tempo de gestação de, aproximadamente, 28 dias. As fêmeas têm a particularidade de conseguirem armazenar esperma, o que pode proporcionar até 3 ou 4 gestações, mesmo sem machos.
 
Uma fêmea adulta produz uma quantidade média de 30 a 60 alevins, embora esses valores possam ir aos 100 ou mais, em boas condições de reprodução. 
Fonte: Revista Bioaquaria
W3TOOLS