Fotógrafo registra nado com peixes-bois (manatis)

  • 16/08/2011
  • 3552 visualizações
  • O fotógrafo americano Alex Mustard, 36 anos, se dedicou a fotografar peixes-bois na costa da Flórida - EUA

    O fotógrafo americano Alex Mustard, 36 anos, se dedicou a fotografar peixes-bois na costa da Flórida - EUA

  • Conhecido também como manatis, vaca-marinha ou dugongo, o peixe-boi é o único mamífero marinho herbívoro.

    Conhecido também como manatis, vaca-marinha ou dugongo, o peixe-boi é o único mamífero marinho herbívoro.

  • O peixe-boi tem um papel ecológico importante no funcionamento dos habitats costeiros.

    O peixe-boi tem um papel ecológico importante no funcionamento dos habitats costeiros.

  • Os peixes-bois podem medir até 4 metros e pesar 800 kg, seu corpo é robusto e maciço, com cauda achatada.

    Os peixes-bois podem medir até 4 metros e pesar 800 kg, seu corpo é robusto e maciço, com cauda achatada.

  • O peixe-boi vive em águas mornas dos litorais e em ilhas do Leste da África até Vanuatu, no Pacífico.

    O peixe-boi vive em águas mornas dos litorais e em ilhas do Leste da África até Vanuatu, no Pacífico.

  • Os animais estão sob risco de extinção nos próximos 40 anos por causa da caça direta e da pesca feita por engano.

    Os animais estão sob risco de extinção nos próximos 40 anos por causa da caça direta e da pesca feita por engano.

O fotógrafo americano Alex Mustard, 36 anos, se dedicou a fotografar peixes-bois na costa da Flórida - EUA, onde os animais se reúnem durante o inverno, já que nessa região as águas são mais quentes. Ele descreve a experiência de nadar com os animais, como "muito emocionante".

Alex disse que os peixes-bois vivem em uma espécie de "estado zen", com isso ele se viu obrigado a entrar no ritmo dos animais. O fotógrafo registrou diversos encontros entre os animais e os turistas mergulhadores. A maioria das imagens foram feitas após o nascer do sol.

O peixe-boi tem um papel ecológico importante no funcionamento dos habitats costeiros. Ele ajuda a proteger outras espécies como tartarugas marinhas, baleias, golfinhos e tubarões. Conhecido também como manatis, vaca-marinha ou dugongo, o peixe-boi é o único mamífero marinho herbívoro, vive em águas mornas dos litorais e em ilhas do Leste da África até Vanuatu, no Pacífico.

Os peixes-bois podem medir até 4 metros e pesar 800 kg, seu corpo é robusto e maciço, com cauda achatada, larga e disposta de forma horizontal. O peixe-boi-marinho tem a pele rugosa, com a cor variando entre cinza e marrom-acinzentado. A cabeça fica bem junto ao corpo. Pode-se quase afirmar que não tem pescoço, apesar de conseguir movimentar a cabeça em todas as direções. Tem olhos bem pequenos, mas enxerga bem, sendo capaz até mesmo de reconhecer cores. O nariz está bem em cima do focinho, com duas grandes aberturas. Não tem orelhas: os ouvidos são dois pequenos orifícios um pouco atrás dos olhos. Além de escutar os ruídos ao seu redor, o peixe-boi também pode se comunicar através de pequenos gritos chamados vocalizações. Esta comunicação é muito importante entre a mãe e o filhote. A mãe é capaz de reconhecer o seu filhote entre muitos outros apenas pela vocalização.

Os animais estão sob risco de extinção nos próximos 40 anos por causa da caça direta e da pesca feita por engano.

Fonte: Terra, Wikipedia
W3TOOLS