Notícias

Pesquisadores acompanham canto das baleias azuis para estudar migração da espécie

O estudo reúne 626 horas de gravações com 26.545 sons emitidos. Antes desta tecnologia, baleias eram detectadas apenas visualmente.

  • Por: AQUABR
  • 03/04/2013
  • 2330 visualizações
Um grupo de oceanógrafos e zoólogos acompanharam durante três meses o "canto" das baleias-azuis (Balaenoptera musculus)¹ com a ajuda de novos instrumentos acústicos para estudar sua migração e avaliar a população desta espécie, dizimada por décadas pela caça.
 
A expedição, de acordo com a agência de notícias France Presse, seguiu de janeiro a março o movimento das baleias nas águas do oceano Antártico analisando em tempo real seus "cantos" a uma baixa frequência. 
 
Este sistema de acompanhamento, que já é utilizado em outras partes do mundo, é um avanço já que possibilita localizar as baleias no oceano. Antes do sistema, os grupos de baleias eram identificados apenas visualmente, uma tarefa que poderia levar dias ou até semanas.
 
Os cientistas reuniram um total de 626 horas de gravações que incluem 26.545 sons emitidos pelas baleias. Os animais também foram fotografados e agora podem ser identificados via satélite por meio de chips implantados em alguns deles.
 
O objetivo é a conservação das baleias no Oceano Austral cuja população está desaparecendo como consequência de anos de pesca intensiva. No início do século 20 haviam cerca de 250 mil baleias e atualmente restam apenas 10 mil, segundo os cientistas.
 
Pesquisadores acompanham canto de baleias azuis para estudar migração da espécie
 
¹ A baleia azul (Balaenoptera musculus) é a maior espécie de baleia que existe no mundo. Ao nascer, mede cerca de 7m e pode chegar a superar os 30m em sua fase adulta. As fêmeas são ligeiramente maiores do que os machos, seu peso oscila entre 80 e 130 toneladas.
 
Têm uma cabeça alongada, fina de cor uniforme, seu corpo é também alongado, com uma barbatana dorsal triangular pequena. Na parte superior da cabeça têm dois orifícios chamados sopradores, que utilizam para respirar. É por eles que o ar e a água saem, produzindo jatos de água vaporizada.
 
As baleias azuis emitem sons de baixa frequência que podem ser ouvidos a 160 km de distância. E podem ser encontradas em todos os oceanos do mundo.
Fonte: G1, Wikipedia, Reuters
W3TOOLS